Teologia

Aplicações dos Estudos

Aplicações dos Estudos

Nesta página faremos alguns estudos de aplicação sobre nosso aprendizado.

01 – Sobre o risco de se fazer uma interpretação equivocada e o erro servir para orientar a conduta cristã.

Mateus

5.13 Vós sois o sal da terra; e, se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta, senão para se lançar fora e ser pisado pelos homens.

5.14 Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte;

5.15 nem se acende a candeia e se coloca debaixo do alqueire, mas, no velador, e dá luz a todos que estão na casa.

5.16 Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem o vosso Pai, que está nos céus.

Este texto não está de forma alguma nos incentivando a tornar nossas obras conhecidas em uma ligação com tornar o nosso nome conhecido (auto promoção). O texto faz parte de um contexto próximo, o começo do mesmo capítulo, e bem claro que incentiva justamente o contrário. Leia Mateus 5. 1-12 e irá achar ali incentivo à pobreza de espírito, que é humildade e não ser auto suficiente; incentivo à mansidão; à misericórdia; à fome de justiça; à limpeza de coração etc que são coisas contrárias a auto promoção.

O que o texto nos ensina é que devemos fazer as boas obras: de mansidão, misericórdia, humildade etc as quais Jesus acabara de relacionar, e que, as nossas boas obras serão vistas se as fizermos, mas jamais poderemos pensar em fazê-las para sermos visto

. Aliás no capítulo seguinte Jesus descreveu um exemplo de obra de misericórdia e justiça que é dar esmolas e disse:

Mateus

6.1 Guardai-vos de fazer a vossa esmola diante dos homens, para serdes vistos por eles; aliás, não tereis galardão junto de vosso Pai, que está nos céus.

6.2 Quando, pois, deres esmola, não faças tocar trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, para serem glorificados pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão.

6.3 Mas, quando tu deres esmola, não saiba a tua mão esquerda o que faz a tua direita,

6.4 para que a tua esmola seja dada ocultamente, e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente.

e mais à frente disse: Mateus 23.5 E fazem todas as obras a fim de serem vistos pelos homens; pois trazem largos filactérios, e alargam as franjas das suas vestes,

É bem verdade que as suas esmolas se tornarão conhecidas, talvez a maior parte das vezes. Quem recebeu e os seus parentes e conhecidos vão acabar por glorificarem a Deus e a sua luz vai resplandecer. Pois suas obras são feitas em Cristo.

Por outro lado temos o exemplo do próprio Senhor que nunca fez ouvir a sua voz pelas praças no sentido de se auto promover.

O contexto bíblico, principalmente NT, a bíblia como um todo é contrária a auto promoção. Portanto ninguém queira usar o texto em estudo a fim de tornar o seu ministério conhecido e se auto promover.

Infelizmente pregadores e escritores estão incentivando esta ilusão da carne em adquirir fama e baseando-se neste texto. Somos humanos e podemos ser tentados mas temos o dever de resistir ao diabo. Quanto à nossa luz, que é a operação da graça de Cristo em nós, deve resplandecer na prática destas obras sobremaneira dignificadas no sermão do monte. Ao vivermos em mansidão e no exercício da misericórdia automaticamente a luz brilhará e não poderemos esconder, mas a glória é toda do Senhor Jesus Cristo e não do homem.

Pr Acir Reis