Teologia

O Ensino Cristão

O Ensino Cristão

Incluiremos nesta parte toda informação útil ao exercício do ensino na igreja.

2 Reis17.28 Veio, pois, um dos sacerdotes que transportaram de Samaria, e habitou em Betel, e lhes ensinou como deviam temer ao SENHOR.

Provérbios16.21 O sábio de coração será chamado prudente, e a doçura dos lábios aumentará o ensino.

Romanos12.7 se é ministério, seja em ministrar; se é ensinar, haja dedicação ao ensino;

1 Coríntios4.17 Por esta causa vos mandei Timóteo, que é meu filho amado e fiel no Senhor, o qual vos lembrará os meus caminhos em Cristo, como por toda parte ensino em cada igreja.

Pelos textos expostos você pode deduzir a importância do ensino para a igreja.

O objetivo do ensino sincero é fazer com que se entenda a Palavra de Deus, levar o aluno à mensagem do Senhor e não inventar teorias mirabolantes. Infelizmente há muitos irmãos e obreiros despreparados que se aventuram em teorias que para nada servem, afirmam sentidos de palavras que desconhecem, nada sabem das linguas originais e se envolvem em assuntos elevados demais para eles.

Fale com clareza usando linguagem simples.

Procure sempre exemplificar na bíblia, através de exemplos e com testemunhos reais e confirmados, pois há muitos testemunhos inventados por gente desonesta, aventureira, sem temor a Deus, que somente deseja ofertas. Pode usar também ilustrações bem coerentes, mas, testemunhos reais são mais eficazes, pois demonstram o Poder de Deus na prática.

Faça perguntas e observe com cuidado os pontos que os irmãos não conseguiram compreender e melhore sua explanação neles.

Entenda que quando alguns alunos fazem muitas perguntas, com sinceridade, é que estão começando a aprender e interessados.

Repita sempre as partes mais importantes. Os trechos em destaque caso use revistas de EBD por exemplo.

Faça sempre aplicações práticas das lições ou textos bíblicos. Esclareça bem sobre os significados das palavras que usar. Muitas palavras corriqueiras para o professor são novidade para os alunos.

Conserve um bom testemunho pessoal e seja exemplo para o rebanho: fervor, pureza, amor, sinceridade, humildade, interesse pelo tema, pontualidade, asseio, e etc.

Não faça leituras muito prolongadas. Leia um pouco e explique ou coloque em discussão.

Cite as referências bíblicas.

Não cite muita filosofia ou outros assuntos seculares durante as aulas de estudo bíblico ou EBD.

Não permita que a classe saia do assunto com muita frequência. Focalize sua aula no assunto previsto.

Veja este texto 1 João 2.27 E a unção que vós recebestes dele fica em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a sua unção vos ensina todas as coisas, e é verdadeira, e não é mentira, como ela vos ensinou, assim nele permanecereis.

Alguns o usam contra o ensino nas igrejas, mas se você usar as regras da interpretação de textos verá que está tratando sobre ensinos contrários à sã doutrina, as novidades e modismos que surgem com muita frequência e que o crente bem instruído e cheio do Espírito Santo percebe que há algo errado e confuso com o tal ensino. Tanto é que há versículos, no NT, apoiando o ensino, e você leu alguns acima no alto desta página. Bíblia interpreta bíblia. Se a bíblia em um trecho do NT incentiva o ensino, logicamente, não iria proibí-lo em outro trecho. Continuaremos se Deus quiser!

Pr Acir Reis