Teses Teológicas

A Boa, Agradável, Perfeita Vontade de Deus

A Boa, Agradável, Perfeita Vontade de Deus
O maior de todos os homens, o mais inteligente, o mais puro, o mais santo, o de maior fé disse em João 4:34 – Jesus disse-lhes: A minha comida é fazer a vontade daquele que me enviou, e realizar a sua obra.
Dele mesmo, e pelo Espírito dele, disse o salmista: Sal 40:8 – Deleito-me em fazer a tua vontade, ó Deus meu; sim, a tua lei está dentro do meu coração.
Até em face da morte ele afirmou:

Luc 22:42 – Dizendo: Pai, se queres, passa de mim este cálice; todavia não se faça a minha vontade, mas a tua.
Não é por acaso que Paulo afirma ser boa agradável e perfeita a santa vontade de Deus. Rom 12:2 – E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.

Se o maior de todos os homens se deleitava em fazer a vontade de Deus, nós devemos fazer o mesmo. Pedindo ao Senhor graça para nos alegrarmos nisto.

Paulo se alegrou quando a vontade de Deus lhe permitiu continuar com o espinho na carne e se gloriou nas suas fraquezas. Para entender isto o homem precisa ter sua mente transformada e não se conformar com o mundo. O modo de pensar do mundo é totalmente contrário à Deus, a mente carnal não pode entender isto. Como entender o sofrimento, o martírio e a morte de queridos por amor de Cristo, entre outras coisas. No entanto estas coisas resultam ao final na perfeita vontade de Deus para os que o amam.

O sofrimento, determinado por Deus, pode produzir em nossa alma poderosa libertação de muitos males. Tais como: Apego aos bens materiais, apego aos valores mundanos, auto suficiência, orgulho, vaidade etc. A alma humana, para os que nasceram de novo em Cristo Jesus, pelo sofrimento fica mais humilde e recebe mais facilmente a vida de Deus por Jesus Cristo, alcançando a santificação que só pode ser por Cristo viver em nós.

Rom 8:28 – E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. Tome só um cuidado, investigue e ore quando não saiba se algo é a vontade de Deus. Há casos em que passamos sofrimentos causados por nossos erros e podemos corrigir. Certos sofrimentos de saúde podem ser por maus hábitos alimentares, por exemplo. Ou mesmo uma atuação demoníaca pode estar ocorrendo em certos casos e totalmente fora do querer do Senhor.

João 7:17 – Se alguém quiser fazer a vontade dele, pela mesma doutrina conhecerá se ela é de Deus, ou se eu falo de mim mesmo. Mar 3:35 – Porquanto, qualquer que fizer a vontade de Deus, esse é meu irmão, e minha irmã, e minha mãe. João 6:39 – E a vontade do Pai que me enviou é esta: Que nenhum de todos aqueles que me deu se perca, mas que o ressuscite no último dia. Alguns textos estão na versão ACF