Teses Teológicas

Enoque Andou com Deus

Enoque Andou com Deus
Há irmãos que quando lêem a bíblia pensam segundo os manuais de teologia. Alguns deles talvez sem terem feito um curso de teologia mas tendo aprendido indiretamente através da Escola Bíblica Dominical ou por ouvir alguém pregando. A Palavra de Deus é muito mais do que os achados teológicos e muitos não se dão conta disto por causa da maneira como estudam a bíblia. Ouvi um certo pregador afirmar que Enoque era um tipo da igreja que vai ser arrebatada (ou do arrebatamento da igreja) e de forma como se isto fosse terminativo e ficasse só nisto mesmo.

Verdadeiramente todos sabemos da EBD e dos cursos de teologia que isto é certo. Todavia a Palavra de Deus nas passagens sobre Enoque tem muito mais do que isso, e precisamos atentar bem para absorvermos todo o ensinamento sobre os textos. E o andar com Deus levou Enoque a ter bençãos espirituais aqui no mundo ou não? Se sim, e isto estiver na Palavra é importante ou não? Os tipos humanos são tipos em características, ocorrências e situações específicas. Enoque não é tipo do arrebatamento da igreja somente, mas tipo da igreja. O evento arrebatamento (traslado) de Enoque sim é tipo do arrebatamento da igreja. Muitos só enxergam o “porquanto Deus para si o tomou” mas não conseguem ver o começo “E andou Enoque com Deus;” e muito menos que o andar com Deus resulta em tantas maravilhas já aqui neste tempo.

Para começar a igreja que vai ser arrebatada precisa andar com Deus aqui na terra durante algum tempo antes do arrebatamento e para andar com Deus precisa estar de acordo com Deus. Amós 3:3 – Porventura andarão dois juntos, se não estiverem de acordo?

Aí já temos um ensinamento sobre a santificação necessária, a fé, e a intimidade com Deus pela oração. Pois para estarmos de acordo com Deus precisamos ter fé para agradar a Deus, andar na luz pois Deus está na luz e ter intimidade com Deus para conhecer a sua perfeita vontade para nossas vidas. Se eu trato somente como figura do arrebatamento eu perco toda a revelação restante. Enoque não é só figura ou tipo do arrebatamento da igreja mas é figura da igreja o tempo todo de sua existência. Para fazermos parte da igreja do arrebatamento precisamos andar como Enoque andou e neste andar há comunhão com Deus pelo seu Espírito. Jesus falou:

João 14:23 – Jesus respondeu, e disse-lhe: Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele, e faremos nele morada. Ou seja no andar com Deus teremos Deus habitando em nós antes do arrebatamento, andar com Deus é guardar a Palavra do Senhor, e isto é ter intimidade (amizade plena). O arrebatamento é consequência e o andar é a causa, mas há outras consequências aqui nesta vida, para nos fortalecer. Saber sobre o arrebatamento figurado é uma benção e motiva a busca da santidade mas andar com Deus é santidade. Somos santificados pela presença do Senhor. Ocorre que no andar com Deus experimentaremos um pouco da glória que vai ser revelada nos céus. Por isto devemos incentivar aos crentes andar cada vez mais com Deus e usufruir da sua santa presença aqui nesta vida pois isto, dentre outras coisas, motivará cada vez mais à santificação.

É verdade que o arrebatamento será a benção completa mas nós já estamos em espírito nos lugares celestiais, não no corpo. Efésios 2:6 – E nos ressuscitou juntamente com ele e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus; Pense nisto, os que andamos com Deus já estamos nos lugares celestiais e por isto temos que buscar cada vez mais a presença de Deus se desejamos alcançar a plenitude desta benção espiritualmente durante o viver.

1Co 2:9 – Mas, como está escrito:As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu,e não subiram ao coração do homem,são as que Deus preparou para os que o amam. 1Co 2:10 – Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus. Deus preparou para os que o amam (andam com ele, obedecem sua Palavra) coisas para após o arrebatamento (e também para após a morte do crente). Ocorre que aprouve a Deus nos revelar ainda nesta vida. E disto que estamos falando.

Enoque também teve algo disto antes de ser trasladado, mas muitos irmãos não estudam as demais passagens de referência e fazem afirmações precipitadas. Hebreus 11:5 – Pela fé Enoque foi trasladado para não ver a morte, e não foi achado, porque Deus o trasladara; visto como antes da sua trasladação alcançou testemunho de que agradara a Deus. Judas – E destes profetizou também Enoque, o sétimo depois de Adão, dizendo: Eis que é vindo o Senhor com milhares de seus santos.;

Veja bem que trata-se do mesmo Enoque de Gênesis 5:22,23,24 pois Judas diz que é o sétimo depois de Adão. Ou seja contando com Adão (veja a genealogia de Sete filho de Adão e confirme em Gênesis 5). E não é essencial sequer a consideração de que Judas citava um livro apócrifo pois o que importa é que Judas é um escritor inspirado, ou seja a citação que Judas faz é respaldada por Deus e totalmente coerente com o contexto bíblico geral. Entenda que nada há para considerarmos se o chamado livro de Enoque foi escrito por outro Enoque, ou se foi algum ensinamento do Enoque, sétimo depois de Adão, que tenha passado de pai para filho e registrado futuramente por outra pessoa, isto não nos importa em nada. Estamos considerando apenas a bíblia nos livros de (Gênesis, Hebreus e Judas) no que tange a Enoque e Judas especifíca o Enoque de que falamos. Estamos tratando do assunto como se este livro apócrifo nem existisse e não faz a menor diferença. Irmãos, basta pensar. O que nos importa é o texto bíblico.

Para ter tido fé e ainda profetizar desta forma este homem tinha em seu coração o Espírito de Cristo. Ninguém pode profetizar, em verdade, sem o Espírito de Cristo. 1Pedro 1:11 – Indagando que tempo ou que ocasião de tempo o Espírito de Cristo, que estava neles, indicava, anteriormente testificando os sofrimentos que a Cristo haviam de vir, e a glória que se lhes havia de seguir.

Enoque teve fé, alcançou testemunho e profetizou. E não importa se o texto de Judas foi citado de um livro não canônico, o que importa é que está em um livro canônico e isto o autentica. Portanto devemos atentar para o fato de que Enoque andou com Deus e que além do arrebatamento (traslado) usufruiu da presença de Deus como todos os que andaram com Deus: Noé, Abraão, Moisés, Davi, Elias, Daniel, Paulo, Pedro estes e muitos outros se entregaram à Deus de tal forma que Deus se agradando deles lhes abençoou com muitas e gloriosas maravilhas. Tudo o que o Espírito de Deus nos concede é essencial para nós.
Logicamente quando falarmos sobre estas coisas devemos mencionar que o resultado de andar com Deus não será só o arrebatamento e as coisas preparadas nos céus, mas dizer também que há glórias ainda em vida junto de Deus. Isto conforme a ênfase de cada pregação. Não se pode olhar para personagens bíblicos, acontecimentos ou qualquer outra coisa que seja um tipo bíblico de algum fato, pessoa e etc somente numa visão tipológica. Enoque tem muito mais a nos ensinar.

Andar com Deus é como Jesus disse para Natanael. João 1.51 E disse-lhe: Na verdade, na verdade vos digo que daqui em diante vereis o céu aberto, e os anjos de Deus subindo e descendo sobre o Filho do homem. Leia ainda 2 Coríntios 3. 7 E, se o ministério da morte, gravado com letras em pedras, veio em glória, de maneira que os filhos de Israel não podiam fitar os olhos na face de Moisés, por causa da glória do seu rosto, a qual era transitória, 8 Como não será de maior glória o ministério do Espírito? 9 Porque, se o ministério da condenação foi glorioso, muito mais excederá em glória o ministério da justiça. 10 Porque também o que foi glorificado nesta parte não foi glorificado, por causa desta excelente glória. 11 Porque, se o que era transitório foi para glória, muito mais é em glória o que permanece. 12 Tendo, pois, tal esperança, usamos de muita ousadia no falar. 13 E não somos como Moisés, que punha um véu sobre a sua face, para que os filhos de Israel não olhassem firmemente para o fim daquilo que era transitório.

E sem por véu sobre a face, certo? Não somos como Moisés, disse Paulo.