Teses Teológicas

O Grande Cacho de Uvas

O Grande Cacho de Uvas
Deus havia prometido a Abraão, há mais de quatrocentos anos, dar a terra de Canaã em possessão perpétua aos seus descendentes na linhagem da promessa. Gênesis 17.8 E te darei a ti e à tua descendência depois de ti, a terra de tuas peregrinações, toda a terra de Canaã em perpétua possessão e ser-lhes-ei o seu Deus. Agora Deus ordena a Moisés que envie 12 homens dentre os maiorais das doze tribos para espiar a terra. Os espias vão cumprir sua missão e quando retornam trazem um cacho de uvas muito grande e tão pesado que tinha que ser carregado por dois e apresentam os seus relatórios. Dez destes espias trazem um relato negativo de incredulidade, por medo dos gigantes que viram naquela terra, e provocam medo no povo que assustado elege um líder com pretensão de voltarem ao Egito, a terra da sua escravidão e sofrimento. Somente dois espias Josué e Calebe optam por prosseguir crendo nas promessas de Deus a despeito dos obstáculos vistos naquele lugar.

Amado leitor, nosso Deus é um Deus de promessas e que trabalha a favor dos homens que dão crédito à sua Palavra, de forma extraordinária. Podemos comparar, sem cometer excesso algum, o ato de espiar a terra com o ouvir a pregação das Sagradas Letras (ou nelas meditar com atenção) onde o Senhor faz maravilhosas promessas aos que creem. Muitos se alegram e regozijam quando ouvem pregações assim. Podemos comparar se quisermos, sem excessos ainda, o grande cacho de uvas às revelações na leitura da palavra, sonhos, revelações profundas no nosso espírito e sinais indicativos com conteúdos de maravilhosas promessas divinas.

Mas a grande tristeza, é que muitas vezes agimos justamente como os dez espias incrédulos diante de lutas e obstáculos, duvidamos e desistimos com muitas desculpas impedindo o Senhor de nos dar a vitória e ficamos a vaguear no deserto. E pior ainda ouvindo pregadores que só pregam sobre deserto é lugar de não sei o que e fala de não sei o que mais. Deserto, neste contexto de números 13 e 14, é lugar de vaguear dos que possuem mente carnal e cemitério de incrédulos. Pois se tivessem crido teriam entrado logo de posse da terra prometida.

Irmão Deus tem dado grandes cachos de uvas para você e te permitido dar umas espiadas nas promessas. Mude sua mentalidade carnal, intelectualmente carnal que quer ver para crer, apegue-se as promessas do Senhor Jesus Cristo e pela fé na sua Palavra arranque estes gigantes que estão ocupando a terra que Deus deu para você, indevidamente. Quando Deus faz uma promessa já está tudo resolvido basta depois de dar umas espiadas e provar umas uvas do grande cacho marchar em direção a benção que os gigantes vão cair. Os gigantes e os demais que vivem ali plantaram vides só para deixar para você. Eles estão condenados por causa do seu pecado e já encheram a medida da sua iniquidade po isso Deus tirou o amparo deles. Preguei sobre isto no aniversário do culto de família recentemente e foi uma grande benção.

Mais aqui vai uma advertência muitos vão ler e crer mas visando os grandes cachos de uvas deste mundo. Minha intenção é sobre os grandes cachos de uvas espirituais. Sobre as delícias das riquezas de Cristo Jesus nos valores eternos. Deus tem promessas que muitos nem identificaram ainda e diversas já se cumpriram na cruz de Jesus Cristo.

Ele prometeu nos santificar plenamente, nos fazer mansos e humildes de coração, nos ensinar a amar aos que nos odeiam, nos tornar tratáveis e amorosos, nos purificar, sempre, pela fé no sangue de Jesus, nos livrar dos pecados e limpar até nossos pensamentos. Isto está implícito em muitas passagens, citando apenas uma Romanos 8. 29 Porque os que dantes conheceu também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos. Ora, ser conforme a imagem de Jesus no nosso interior, no caráter e personalidade contém tudo o que falei por último e muito mais. Jesus era perfeito como homem. Agora, se você quiser dar mais crédito aos gigantes carne, mundo, pecado etc o problema é seu meu irmão. Eu prefiro ficar atento à Palavra de Deus, buscar a orientação do Espírito Santo sobre o que devo fazer crendo sem vacilar que Deus é maior do que todos os obstáculos e está trabalhando por mim. Mesmo tendo coisas a serem corrigidas em mim eu ousarei crer no Poder de Deus em me santificar e usar poderosamente para sua glória. Vou tomando a terra pela força e usando a graça de Deus para vencer o pecado e os embaraços. E você irmão?